Postado em 14 de fevereiro de 2022, por Água Viva Estúdio

Geral

Utilize os benefícios da internet para alavancar os seus negócios

A internet é uma grande aliada das pessoas hoje em dia. Através dela, é possível acessar todo tipo de informação, conversar com as pessoas, saber sobre notícias em tempo real, conteúdos de humor até artesanato, aprender sobre receitas, fazer compras de roupas e até mesmo comprar comidas via delivery ou takeaway. Inclusive, com a pandemia de COVID-19, um dos ramos que cresceram e obtiveram sucesso em vendas foi a venda de alimentos e refeições pela internet. Afinal, as pessoas evitavam frequentar os bares e restaurantes, então preferiam fazer os pedidos online e degustar os seus pratos preferidos em casa com os amigos e familiares. Houve também o crescimento de vendas de marmitas congeladas, fitness ou com restrições alimentares para pessoas que optaram pela praticidade no dia a dia da rotina em casa ou no trabalho.

Para iniciar no ramo da alimentação, é importante se planejar financeiramente para o investimento e saber o nicho no qual deseja começar a vender. Dentro da área alimentar, a diversidade de segmentos é grande, podendo atingir diversos públicos, tais como: produtos gourmet, comidas para veganos e vegetarianos, fast-food, marmitas, marmitas fit, doces e até mesmo alimentos que tenham algum tipo de restrição, como os gluten free ou sem lactose. Outro ponto importante é fazer cursos especializados na área para se aprofundar e entender mais sobre os sabores e as combinações de ingredientes.

Após definir o público-alvo e o segmento no qual irá começar a desenvolver os pratos, o ideal é buscar quais são os seus concorrentes diretos e indiretos para saber a média de  preço e qualidade que o mercado exige para que se obtenha sucesso, além de pesquisar os equipamentos necessários para dar início à produção, os ingredientes e os fornecedores da região.

Estruturar a empresa é um grande passo a ser dado. Os investimentos iniciais podem ser baixos e a empresa ser pequena, mas, para regularizá-la, pode-se começar como um MEI (Microempreendedor Individual), por meio do site do Portal do Empreendedor. Por se tratar de um ramo alimentício, destaca-se a importância de obter um selo de vigilância sanitária; portanto, se faz necessário se informar sobre quais normas e leis devem ser seguidas. Caso haja dúvidas, busque informações através de um contador ou na secretaria responsável. 

A praticidade de comprar comida pela internet é ótimo para o consumidor; afinal, ele consegue visualizar o cardápio, os preços, a forma de entrega e o pagamento sem sair de casa. Por isso, é de suma importância que as fotos dos pratos sejam atraentes, para que os clientes desejem comer aquela comida através dos olhos, pois é uma forma de vitrine. E claro que, no cardápio, é essencial que tenha na descrição de cada produto os ingredientes que foram utilizados e, principalmente, se existe glúten, lactose ou algum produto que possa ter origem animal, por exemplo.

Além de montar um cardápio que atraia o público-alvo, pode-se utilizar a internet para fazer promoções durante a semana para alavancar as vendas. Por exemplo, caso o negócio seja um fast-food vegano, é legal aproveitar o dia da semana celebrado mundialmente como “segunda sem carne” para atrair outras pessoas a conhecerem o seu negócio, a sua proposta e o seu conceito de alimento. Pode-se também ter a ideia de fazer vendas não somente de alimentos, mas também de objetos de decoração para cozinha, utensílios e até acessórios como um avental personalizado. Ou seja, dessa forma, pode-se ampliar as vendas através da internet e gerar conteúdos interessantes para os clientes que consomem do seu negócio. 

Os consumidores atualmente optam por negócios que tenham como conceito a sustentabilidade; portanto, ao pensar nas embalagens do produto, verifique uma que seja de qualidade para manter o alimento quente e ideal para consumo, e que tenha foco no meio ambiente. Lembrando que a embalagem é o cartão de visita da empresa.

Fatores que contam para obter sucesso no ramo alimentício são rapidez, agilidade, simpatia, sabor e tempo de espera também. Portanto, conte com um sistema de emissão de pedidos, seja por e-commerce, aplicativos de comidas ou até mesmo pelas redes sociais que permitem esse tipo de venda, e escolha um que seja bom e eficaz, para que os seus clientes tenham praticidade ao ver o cardápio e fazer o pedido. Conte com uma equipe preparada para a produção dos pratos, para que tenha sabor, frescor e rapidez na execução.

Utilize as redes sociais a favor do seu negócio, com boas fotos, uma divulgação constante, crie promoções para fidelizar os clientes e atrair novos para conhecer o empreendimento, esteja aberto a feedbacks, utilize os aplicativos de comida que ajudam na divulgação, conheça o seu público-alvo, faça cursos para imergir na área e se especialize para que tenha sucesso. Na internet, há espaço para todas as pessoas que desejam crescer e investir; basta utilizá-la com sabedoria e, principalmente, com estratégia para atingir os objetivos.